O Sujeito Sartriano e sua Exigência Moral

  • Thiago Teixeira Santos

Resumo

Nosso objetivo é a análise do sujeito existencial enquanto agente nos limites da radicalidade da liberdade sempre em situação. Verifica-se uma relação direta entre a construção do projeto existencial de cada indivíduo e a sua facticidade. Esta, por sua vez, é atravessada por uma relação irrevogável com o outro. Logo, nos proporemos a identificar que no cerne da condição livre do homem se esconde também uma exigência moral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEUVOIR, Simone de. Por uma moral da ambiguidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.

CASTRO, Fábio Caprio Leite de. A ética de Sartre. São Paulo: Loyola, 2016.

KANT, Immanuel. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. Tradução Tania Maria Bernkopf. São Paulo: Abril Cultural, 1980 (Coleção Os Pensadores).

MORAVIA, Sérgio. Sartre. Tradução de José Eduardo Rodil. São Paulo: Martins Fontes, 1970.

MÜLLER, Marcos. A má-fé e a teoria da negação em Sartre. Manuscrito.V.V, n.2, Campinas, 1982.

MÜNSTER, Arno. Sartre et la Morale. Paris: L’Harmattan, 2007.

NOUDELMANN, F.; PHILIPPE, G. Dictionnaire Sartre. Paris: Champion, 2004.

PERDIGÃO, Paulo. Existência & Liberdade: uma introdução à filosofia de Sartre. Porto Alegre: L&PM, 1995.

PFIEL, Claudio Luis. Moral em Sartre: uma porta para o possível. In: CESAR, Marcondes Constança; BULCÃO, Marly (Org.). Sartre e seus contemporâneos. Ética, racionalidade e imaginário. São Paulo: Idéias& Letras, 2008. p.147-161.

SANTOS, Magda Guadalupe dos. Alteridade, Facticidade e igualdade: leituras de Sartre, Beauvoir e Levinas no processo de radicalização da Metafísica no século XX. In: OLIVEIRA, Ibraim Vitor de; SANTOS, Magda Guadalupe dos (Org).Tempos da Metafísica. Belo Horizonte: Tessitura, 2011, p. 53-93

.

SARTRE, Jean-Paul. Cahiers pour une morale. Paris: Gallimard, 1983.

SARTRE, Jean-Paul. O existencialismo é um humanismo. Tradução João Batista Kreuch. Petrópolis: Vozes, 2010.

SARTRE, Jean-Paul. O ser e o nada: Ensaio de ontologia fenomenológica.18.ed.Petrópolis: Vozes, 2009.

SARTRE, Jean-Paul ; PIERRE, Victor ; PHILIPPE, Gavi. Porquê a Revolta? Lisboa: Sá da Costa, 1974.

SARTRE, Jean-Paul. Verdade e existência. Tradução Marcos Bagno. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

SARTRE, Jean-Paul. Situações I. Lisboa: Europa-America, 1968.

Publicado
03-07-2017
Como Citar
Teixeira Santos, T. (2017). O Sujeito Sartriano e sua Exigência Moral. Virtuajus, 2(2), 115-132. Recuperado de https://seer.pucminas.br/index.php/virtuajus/article/view/15489
Seção
Dossiê Democracia e Justiça: incompatibilidades e paradoxos