Da interlocução à construção do ethos: a interação profissional entre autor e revisor de textos

  • Patrícia Rodrigues Tanuri Baptista Centro Federal de Educação Tecnológica - Cefet-MG
Palavras-chave: Ethos, Autor, Revisor de texto,

Resumo

Este trabalho focaliza a interação entre autor e revisor de texto, entendidos como enunciador e coenunciador respectivamente, e tem como objetivo principal analisar como se engendra o processo de coconstrução do ethos dos interactantes nos processamentos da intervenção textual observada, conforme Salgado (2011), como ritos genéticos editoriais. Os dados consistem em materiais autorais submetidos ao tratamento editorial, dois de um livro de Física Quântica e dois de um livro sobre infância, adolescência e Aids, da pesquisa de Salgado (2011). Nesta análise, estamos assumindo, como Maingueneau (2008), que o ethos é construído na instância da atividade discursiva. Nesse sentido, serão também importantes as noções de face de Goffman (1981) e de face positiva e negativa de Brown e Levinson (1987). Os dados demonstram que enunciador e coenunciador são colaborativos na construção do ethos de si próprios e um do outro. Como ethos do coenunciador, evidencia-se um leitor cujo olhar é criterioso e rigoroso, que propõe o que deve ser tratado com mais acuidade pelo enunciador, pressupondo o que vai interessar ao leitor potencial. Ele demonstra conhecimento do assunto tratado, apresenta sugestões das mais variadas ordens, desde mudanças puramente estruturais a propostas de inclusões e exclusões de partes do texto, em um trabalho interacional alicerçado em demonstrações de respeito pelo enunciador. Já o enunciador corrobora o ethos do coenunciador e, ao mesmo tempo, constrói o seu próprio, não só nas demonstrações de concordância, mas também e, sobretudo, nos elogios, nos pedidos de sugestão e na validação das manobras textuais realizadas pelo coenunciador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Rodrigues Tanuri Baptista, Centro Federal de Educação Tecnológica - Cefet-MG

Possui Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1994), Mestrado em Letras-Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1998) e Doutorado em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais (2002). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Análise do Discurso, atuando principalmente nos seguintes temas: interação, identidade social, rádio, interação face a face, ato de fala, discurso empresarial e ensino de Língua Portuguesa. Como atividade docente, tem experiência com as disciplinas Comunicação e Expressão, Leitura e Produção de Textos; Língua Portuguesa; e Comunicação Empresarial; nos cursos de Ciências Contábeis e Administração; além de Redação Jurídica; no Curso de Direito; Semântica e Pragmática no Curso de Letras; Português Instrumental nos Cursos de Engenharia (Ambiental, de Computação e de Materiais) e Redação e Estudos Linguísticos nos Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio de Química, Eletrotécnica e Edificações do Cefet-MG. Além disso, possui experiência comprovada na área de revisão de textos há mais de dez anos, atuando como revisora das dissertações do Programa de Mestrado Acadêmico da Faculdade Novos Horizontes, assim como de outras instituições também notadamente reconhecidas pelo MEC. Foi recentemente constituída como membro da RIMEPES (Rede Iberoamericana de Trabalho e Estudos sobre Educação Profissional e Evasão Escolar) e como participante do grupo de pesquisa do CNPq Escritas Profissionais e processos de edição do Cefet- MG e COMPLEX COGNITIO - uma visão integrada da cognição humana: corpo, cérebro, mente, linguagem, significação da PUC- Minas.

Referências

Brown, Penelope; Levinson, Stephen C. Politeness: Some Universals in

Language Usage. Cambridge: Cambridge University Press, 1987.

GOFFMAN, Erving. The presentation of self in everyday life. London: Penguin Books, 1959.

GOFFMAN, Erving. Interaction ritual essays on face to face behavior. New York: Pantheon Books, 1967.

GOFFMAN, Erving. A elaboração da face. Uma análise dos elementos rituais da interação social. In: FIGUEIRA, Sérvulo Augusto (Org.). Psicanálise e Ciências Sociais. Tradução de J. Russo. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.

GOFFMAN, Erving. Footing. In: GOFFMAN, Erving. Forms of Talk. Tradução de Beatriz Fontana a partir do original publicado no periódico Semiótica, v. 25, p.1-29, de 1979. Philadelphia: University of Pensilvania Press, 1981.

GOFFMAN, Erving. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes, 1995.

HERITAGE, John. Analysing news interviews: aspects of the production of talk for an overhearing audience. In: Van DIJK, Teun A. (Ed.). Handbook of Discourse Analysis. London: Academic Press, 1984. p. 117-195.

MAINGUENEAU, Dominique. A propósito do ethos. In: MOTTA, Ana Raquel; SALGADO, Luciana. Ethos discursivo. São Paulo: Contexto, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antonio. Análise da Conversação. São Paulo: Ática, 1991. Série Princípios.

OLIVEIRA, Maria do Carmo Leite de. Ethos interacional em situações de atendimento. Veredas, revista de estudos linguísticos, Juiz de Fora, v. 4, n. 1, p. 59-65, 2000.

SALGADO, Luciana Salazar. O autor e seu duplo nos ritos genéticos editoriais. Revista Eutomia, ano 1, n. 1, p. 525-546, 2008.

SALGADO, Luciana Salazar. Escritura e leitura, elementos da autoria. In: RIBEIRO, Ana Elisa; VILLELA, Ana Maria Nápoles; COURA SOBRINHO, Jerônimo; SILVA, Rogério Barbosa da (Org.). Leitura e escrita em movimento. São Paulo: Peirópolis, 2010. v. 1, p. 252-268.

SALGADO, Luciana Salazar. Ritos genéticos editoriais: autoria e textualização. São Paulo: Annablume, 2011. 348 p.

SACKS, Harvey; SCHEGLOFF, Emanuel A.; JEFFERSON, Gail. A Simplest Systematics for the Organization of Turn-Taking for Conversation. Language, v. 50, p. 696-735, 1974.

TANNEN, Deborah; Wallat, Cynthia. Interactive frames and knowledge

schemas in interaction: examples from a medical examination/interview. Social Psychology Quarterly, v. 50, n. 2, p. 205-16, 1987.

Publicado
28-01-2016
Como Citar
Baptista, P. R. T. (2016). Da interlocução à construção do ethos: a interação profissional entre autor e revisor de textos. Scripta, 19(36), 369-386. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2015v19n36p369
Seção
Dossiê interação, formação e ação profissional