Representações, valores e crenças em discursos de professores da educação básica e implicações na (form)ação docente

  • Ev Angela Batista Rodrigues de Barros Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Palavras-chave: Representações sociais, Discursos sobre a prática docente, Ethos.

Resumo

Como importante política pública, o investimento na iniciação à docência, por meio de um programa específico – o PIBID – tem conquistado alguns resultados promissores na reaproximação entre futuros docentes e a escola pública. Na Universidade em que atuo, esse programa tem por princípio norteador ampliar a interlocução entre a academia e a educação básica, propiciando a todos os seus participantes momentos de estudo, discussão e enriquecimento pessoal, cultural e profissional, por meio das diversas atividades. Passando por momentos que vão desde a idealização, planejamento e execução dos projetos de intervenção, além da reflexão sobre os problemas enfrentados no cotidiano e ao retorno mais concertado à ação pedagógica, tem possibilitado emergir aspectos importantes relativos à docência, promovendo uma desautomatização de práticas e concepções pedagógicas, além de uma desnaturalização de procedimentos, permitindo enxergar  sobre o modo de enxergar a si e à realidade, tanto no âmbito profissional como mais amplamente. Como culminância, tem fomentado e possibilitado a participação dos envolvidos em seminários (internos e externos) com apresentação dos trabalhos realizados. Neste artigo, serão discutidas algumas representações sociais (Moscovici, 2003), constitutivas do ethos da profissão docente, a partir dos discursos de cinco docentes da área de Letras, professoras do ensino médio da rede pública estadual,. Para Larrosa (2002), somos "seres viventes com palavras", vivemos media(tiza)dos pela palavra. Dessa forma, as respostas trazidas à discussão, a partir dos questionários aplicados, esboçam discurso(s) dos docentes sobre como se percebem e ao seu fazer pedagógico e delineiam-se sentidos e sentimentos atribuídos ao seu espaço de atuação, a escola básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ev Angela Batista Rodrigues de Barros, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Professora Adjunta IV - Departamento de Letras / Instituto de Ciências Humanas PUC Minas

Referências

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith. Representações sociais: aspectos teóricos e aplicações à educação. Revista Múltiplas Leituras, v.1, n. 1, p. 18-43, jan./jun. 2008.

ASSIS, Juliana Alves; LOPES, Maria Angela Paulino Teixeira. Ethos, discursos e representações na atividade de avaliação de textos escritos: pistas de um processo de formação de professores. Scripta, Belo Horizonte, v. 13, n. 24, p. 71-94, 1. sem. 2009.

AMOSSY, Ruth (Org.). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2011.

BAKHTIN, Mikhail M. Estética da criação verbal. Tradução de Maria Ermantina Galvão G. Pereira. Martin Fontes: São Paulo, 1997. Disponível em: <http://pt.scribd.com/doc/20786562/LIVRO-BAKHTIN-Estetica-Criacao-Verbal>.

BARROS, Ev’Angela Batista Rodrigues de; SOUZA, Girlene R.; ROCHA, Raiane Chaves da. Memorial e validação do saber da experiência: diferentes perspectivas

sobre uma prática docente bem sucedida. In: CBE, 4., UNESP, 2013.

BARROS, Ev’Angela Batista Rodrigues de; SOUZA, Girlene R.; ROCHA, Raiane Chaves da. O gênero memorial e a validação do “saber da experiência”: três perspectivas sobre uma prática docente bem sucedida. Revista do Instituto de Ciências Humanas. Disponível em:<http://periodicos.pucminas.br/index.php/revistaich/issue/ current>.

BRANDÃO, Giliard Dutra. Crenças sobre o Ensino de Português como Língua Estrangeira: Práticas Discursivas de Professores Formadores e em Formação Inicial. Dissertação (Mestrado) – CEFET-MG, Belo Horizonte, 2014.

LARROSA, Jorge Bondia. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação, n. 19, p. 20-28, 2002.

MOSCOVICI, Serge. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes, 2003.

FLATH, Esther; MOSCOVICI, Serge. Social Representation. In: HARRÉ, Rom; LAMB, Roger (Ed.). The Dictionary of Personality and Social Psychology. Londres: Basil Blackwell Publisher, 1983.

SÁ, Celso Pereira de. A construção do objeto de pesquisa em representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1998.

NÓVOA, António S. da. Os professores e as histórias da sua vida. In: Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992. p. 11-30.

SOARES, Magda Becker. Português na escola – História de uma disciplina curricular. In: BAGNO, Marcos (Org.). Linguística da norma. São Paulo: Loyola, 2002.

Publicado
28-01-2016
Como Citar
Barros, E. A. B. R. de. (2016). Representações, valores e crenças em discursos de professores da educação básica e implicações na (form)ação docente. Scripta, 19(36), 201-228. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2015v19n36p201
Seção
Dossiê interação, formação e ação profissional