A tríade do amor perfeito

  • Luiz Roncari Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Guimarães Rosa, Literatura e História, O amor no Grande sertão, veredas.

Resumo

Este trabalho desenvolve o tema das duas epígrafes  tiradas de A divina comédia e usadas no Capítulo III, da segunda parte, de meu livro O Brasil  de Rosa: o amor e o poder. Nele procuro mostrar as variações do tema da vida amorosa no romance Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALIGHIERI, Dante. A divina comédia. Tradução e notas d e Cristiano Martins. Belo Horizonte: ltatiaia/ USP, 1976.

ALIGHIERI, Da nte. La divina commedia. Florença: Sansoni Editore, 1988.

GUAL, Carlos Garcia. Los orígen es de la novela. M ad ri: Ediciones ISTMO, 1972.

MAZON, Pau l. Noticc. In: Hésiode, Théogoni e, les t ravaux el es jours, le bouclier. Tradução e notas de Paul Mazon. Paris: Les Belles Le ttres, 1951.

RONCAR, Luiz. O Brasil de Rosa: o amor e o poder. São Paulo: Edi tora Unesp/ Fapes p, 2 004. No prelo.

ROSA, João Guimarães. Grand e sertão: veredas. 3. ed. Rio d e Janeiro: José Olympio,

963.

VERNANT, Jea n-Pierre; VIDAL-NAQUET, Pierre. Mito e tragédia na Grécia anti­ga. II. Tradução Berta Halpem Gurovitz. São Paulo: Brasiliense, 1991.

Publicado
13-10-2005
Como Citar
Roncari, L. (2005). A tríade do amor perfeito. Scripta, 9(17), 194-200. Recuperado de https://seer.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/14093