Tradição literária: o viés estrambótico da década de 1950

  • Gleidys Maia Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Tradição, Antitradição, Discurso, Crítica da cultura, História.

Resumo

A década de 1950 é apontada pela historiografia literária como responsável  pela criação li terária paradigm ática de uma  tradição  poética e narrativa, cuja acentuação pelas formas orais, pela extravagância, pela vocalidade, pela movência dos textos, pelo caráter artesanal da comunicação, promove  um deslocamento cultural  e existencial  do narrador/ poeta, e m relação às técnicas industriais. Esse choque cultural e existencial vai gerar os versos e "estórias" mais estrambóticos da literatura brasil eira: de u m lado, a tradição do ethos lúdico, da configuração mítica, da alegoria; de outro,  a exigência de um leitor experto. Esse viés estrambótico  perpassa toda a obra  de Guimarães Rosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond d e. Claro enigma. In: Reunião 10 livros de poesia. Introdução de Antônio Houaiss. 9. ed. Rio de Janeiro:José Olympio, 1978.

ARAÚJO, Homero José Vizeu. O poema no sistema: a peculiaridade do antilírico João Cabral na poesia brasileira. Porto Alegre: UFRGS, 2002.

ARRIGUCCI Jr., Davi. O mágico desencantado ou as metamorfoses de Murilo. In: RUBIÃO, Murilo. O pirotécnico Zacarias. 8. ed. São Paulo: Ática, 1981.

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas I. Magia e técnica, arte e política. 2. ed. São Pau lo: Brasiliense, 1986.

CAMPOS, Haroldo d e. O seqüestro do barroco na formação da literatura brasileira: o caso Gregório de Matos. 2. ed Salvador: FCJA, 1989.

LUCAS, Fábio. Mineiranças. Belo Horizonte: Oficina de Livros, 1991.

MENDES, Murilo. Contemplação de Ouro Preto. In: Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1995.

ROSA, João Guimarães. Sagarana. 28. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984. SODRÉ, Nelson Werneck. História da literatura brasileira. 7. ed. at uali zada. São Pau­lo: Difel, 1982.

ZUMTHOR. Paul. A letra e a voz. Tradução Amalia Pinheiro, Jerusa P. Ferreira. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

Publicado
13-10-2005
Como Citar
Maia, G. (2005). Tradição literária: o viés estrambótico da década de 1950. Scripta, 9(17), 140-149. Recuperado de https://seer.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/14088