O narrador Brás Cubas e os narrados Eugênia e Prudêncio: a voz maior e as vozes menores (impossibilitadas de se narrarem)

  • Isabel Cristina dos Santos Teixeira Universidade Federal do Tocantins
Palavras-chave: Narrador, Brás Cubas, Eugênia, Prudêncio, Sujeitos subalternos

Resumo

Analisamos neste trabalho o olhar  do narrador Brás Cubas (de Me­mórias póstumas de Brás Cubas (1997), de Machado de Assis) so­bre as personagens Eugênia e Prudêncio. Através desse olhar, dese­jamos apresentar uma leitura possível relativamente à forma como o narrador conta sua trajetória, desde o início da narrativa. Por ocasião de sua apresentação, sabemos  que se trata de um burguês, morto, que conta sua trajetória, em vida. Para tanto, utiliza-se de toda a sor­te de artifícios para diminuir, ou para aumentar, distorcer ou desfo­car a visão dessas personagens sobre as quais nos deteremos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
30-01-2017
Como Citar
Teixeira, I. C. dos S. (2017). O narrador Brás Cubas e os narrados Eugênia e Prudêncio: a voz maior e as vozes menores (impossibilitadas de se narrarem). Scripta, 11(21), 123-132. Recuperado de https://seer.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/13997