A presença dos ícones no cinema de Andrei Tarkovski

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Kátia Marli Leite Mendonça

Resumo

Esta comunicação foi apresentada oralmente, com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), no dia 03 de junho de 2018, durante a Terceira Sessão (Section 3A) coordenada pelo Prof.Dr.Eric Lohr, no evento internacional  Krakow Meetings: IX Krakow Conferences on Russian Philosophy (Eugene Trubetskoy: Icon and Philosophy), organizado pela Pontifical University of John Paul II em Cracóvia, o qual teve lugar no período de 03 a 06 de junho de 2018, na Abadia Beneditina de Tyniec, Cracóvia. A comunicação aqui apresentada faz parte das reflexões sobre a relação entre ética, arte, imagem, sociedade e religiosidade, que constituem o eixo central de pesquisa apoiada por Bolsa de Produtividade do CNPq. Nela, a partir de um diálogo com a teologia e a filosofia do ícone de Pavel Florensky, analisamos a questão da presença dos ícones religiosos no cinema de Andrei Tarkovski, seu sentido e significado dentro da concepção de imagem e de arte do diretor, uma visão marcada pelo diálogo com Deus.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
MENDONÇA, K. M. L. A presença dos ícones no cinema de Andrei Tarkovski. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 16, n. 51, p. 1391, 31 dez. 2018.
Seção
Comunicações/Papers-Communications
Biografia do Autor

Kátia Marli Leite Mendonça, UEPA-UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ UFPA-UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Professora Titular e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da UEPA- Universidade do Estado do Pará e o Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da UFPA- Universidade Federal do Pará. Líder do Grupo de Pesquisa Arte, Imagem, Ética e Sociedade e Bolsista de Produtividade do CNPq.