Diáspora judaica: os judeus em Minas Gerais

  • Júlia Calvo Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas
Palavras-chave: Judeus, Minas Gerais, Diáspora, Cristão-novos, Identidade.

Resumo

A presença judaica na ocupação de Minas Gerais constitui tema da produção histórica brasileira da segunda metade do século XX. O elemento judaico desponta como participante das povoações mineiras desde o século XVII através da figura do cristão-novo, o judeu convertido em Portugal em conseqüência da imposição do Estado à Inquisição. O cristão-novo, importante na formação da estrutura econômica, política, social e cultural dos Arrais e vilas, ajudou a construir a feição da sociedade e a identidade mineira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlia Calvo, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas
Graduada e licenciada em Historia, pela PUC Minas, Mestre em Educação pela UFMT e doutoranda do Programa de Ciências Sociais da PUC MInas. Atualmente é professora da PUC Minas e pesquisadora do Instituto Historico Israelita Mineiro. Desenvolve pesquisas no campo da História, Memória e Patrimônio cultural, Educação e Antropologia, atualmente voltada para o estudo da presença judaica em Minas Gerais, século XVIII e nas primeiras décadas do século XX, em Belo Horizonte.
Publicado
01-05-2007
Como Citar
CALVO, J. Diáspora judaica: os judeus em Minas Gerais. Cadernos de História, v. 9, n. 11, p. 79-88, 1 maio 2007.
Seção
Mesa Redonda: Mineiridade