[1]
M. Moreira e M. F. Correia, “O Hipupiára e a poética: uma reflexão sobre os limites do verossímil e da autópsia no século XVI”, Rev. SCRIPTA, vol. 23, nº 47, p. 203-214, maio 2019.