ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO DE ADULTOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL EM TEMPOS DE PANDEMIA:

  • Mariana Queiroga Gomes
Palavras-chave: Alfabetização. Deficiência intelectual. Educação humanista. Pandemia

Resumo

O presente artigo apresenta a ação, em tempos de pandemia, de um projeto de extensão intitulado ALEGRIA (Aprendizagem de Leitura e Escrita Gerando Respeito, Inclusão e Autonomia). A proposta é mostrar que existem caminhos possíveis para promover uma alfabetização libertadora, pautada na leitura crítica do mundo, tendo como pressuposto a educação humanista. Inicialmente, reunimos os pressupostos teóricos referentes a aprendizagem do código escrito, para tal nos ancoramos em Ferreiro e Teberosky (1999), Ferreiro (2000) Soares (1998, 2019) e Freire (1987, 1989, 1996). Em seguida, apresentamos uma sequência de três atividades que foram desenvolvidas no sistema remoto, referentes a temática da Covid-19, condições climáticas e o trabalho com o gênero textual poema que culminou na produção de um vídeo coletivo. Com tais experiências, concluímos que é possível pensarmos em uma educação que vise uma atitude mais humanista e inclusiva frente os desafios do século XXI. Nesse sentido, é imprescindível pensar na alfabetização e letramento como potenciadores para um novo paradigma para a educação e a transformação do mundo.

Referências

BRASIL. Decreto-Lei n. 5.296, de 02 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis n. 10.048 e 10.098. Diário Oficial da União, Brasília, 2 dez. 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5296.htm. Acesso em: 13 nov. 2020.

BVS, Psicologia Brasil. Manual de diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. Disponível em http://www.bvs-psi.org.br/php/index.php. Acesso em: 13 nov. 2020.

CÓDIGO INTERNACIONAL DE DOENÇAS, CID-10. Disponível em https://www.cid10.com.br/. Acesso em: 13 nov. 2020.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Cortez, 1989.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. Ed. Rio de Janeira: Paz e Terra, 1987.

FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. São Paulo: Cortez, 2000.

FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artmed Editora, 1999.

GADOTTI, Moacir. História das ideias pedagógicas. São Paulo: Editora Ática, 2003.

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Repensar a educação: rumo a um bem comum mundial? Brasília: UNESCO Brasil, 2016.

SOARES, Magda. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2019.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 1998.
Publicado
12-07-2021