Migração e mídia: identidade, racismo e intolerância na migração de sírios e haitianos para o Brasil

  • Barbara Lopes Heleno PUC Minas
  • Rafaella Max Reinhardt PUC Minas
Palavras-chave: Identidade. Migração. Mídia.

Resumo

A migração é um fenômeno constitutivo da identidade brasileira. Contudo, parece haver um invisível contrato social, sobre quais migrantes são ou não bem-vindos. O presente artigo pretende discutir sobre a recepção midiática aos movimentos migratórios que afetaram o país recentemente, com a vinda de sírios e haitianos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Barbara Lopes Heleno, PUC Minas
Pós-graduanda em Cidadania e Direitos Humanos no Contexto das Políticas Públicas, Bacharel em Comunicação Social – Habilitação em Publicidade e Propaganda e graduanda em História (Licenciatura),  todos pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. E-mail: barbaralheleno@gmail.com
Rafaella Max Reinhardt, PUC Minas
Pós-graduanda em Cidadania e Direitos Humanos no Contexto das Políticas Públicas, Bacharel em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Referências

BIJOS, Leila; SILVA, Patrícia Almeida da. Análise da primavera árabe: um estudo de caso sobre a revolução jovem no Egito. Revista CEJ, Brasília: Centro de Estudos Judiciários, Conselho da Justiça Federal, ano XVII, n. 59, p. 58-71, jan./abr. 2013.

BRAGA, José Luiz. A Sociedade enfrenta sua mídia: Dispositivos sociais de crítica midiática. São Paulo: Paulus, 2006.

BRASIL, Emmanuel de Nazareth. Migração Síria contemporânea: da partida a (re)inserção. 2017. 83 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

CAVALCANTI, Leonardo; OLIVEIRA, Antonio Tadeu; TONHATI, Tânia (Orgs.) A Inserção dos Imigrantes no Mercado de Trabalho Brasileiro. Brasília: Cadernos do Observatório das Migrações Internacionais, 2014. <https://bit.ly/2Lhvq0Df> acesso: 23.jul.2018

CAVALCANTI, L.; Oliveira, T.; Araujo, D., A inserção dos imigrantes no mercado de trabalho brasileiro. Relatório Anual 2016. Observatório das Migrações Internacionais; Ministério do Trabalho/ Conselho Nacional de Imigração e Coordenação Geral de Imigração. Brasília, DF: OBMigra, 2016. <https://bit.ly/2OS8nve> acesso: 23.jul.2018

CAVALCANTI, L.; Oliveira, T.; Araujo, D., Tonhati, T., A inserção dos imigrantes no mercado de trabalho brasileiro. Relatório Anual 2017. Série Migrações. Observatório das Migrações Internacionais; Ministério do Trabalho/ Conselho Nacional de Imigração e Coordenação Geral de Imigração. Brasília, DF: OBMigra, 2017. <https://bit.ly/2wk9ZpV> acesso: 23.jul.2018

CNIG – Conselho Nacional de Imigração. Resolução Normativa do Conselho Nacional de Imigração n. 97, de 12 de janeiro de 2012. Dispõe sobre a concessão de visto permanente previsto no art. 16 da Lei n. 6.815, de 19 de agosto de 1980, a nacionais do Haiti. Brasília, 2012.

COÊLHO, Tamiris; CORRÊA. Laura Guimarães. Normas e valores. In: FRANÇA, Vera Veiga; MARTINS, Bruno Guimarães; MENDES, André Melo. Grupo de Pesquisa em Imagem e Sociabilidade (GRIS):Trajetória, conceitos e pesquisa em comunicação. Belo Horizonte: PPGCom - UFMG, 2014.

Cruz, Márcia Maria. Apesar da crise, haitianos têm intenção de permanecer em Minas Gerais. Minas Gerais: em.com.br, 2016. <https://bit.ly/2BXP3vj> acesso em: jul. 2018.

Drummond, Ivan. Refugiados da Guerra Civil na Síria querem construir uma nova história em Minas. Minas Gerais: em.com.br, 2014. <https://bit.ly/2MZo4n5> acesso em: jul.2018.

FARAH, Paulo Daniel Elias. Combates à xenofobia, ao racismo e a intolerâncias em encontros entre refugiados e brasileiros e em programas educativos de idiomas e culturas. REVISTA USP, v. 114, p. 12, 2017.

FARIAS, Helayny A. Barbosa, SERTÓRIO, Ruth G. Á. Amorim. Um diálogo entre tradição, globalização, moda e apropriação cultural. 12º Colóquio de Moda - 3º Congresso de Iniciação Científica em Design e Moda, 2016.

FERNANDES, Duval; FARIA, Andressa Virgínia de. O visto humanitário como resposta ao pedido de refúgio dos haitianos. Rev. bras. estud. popul., São Paulo, v. 34, n. 1, p. 145-161, Apr. 2017.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução de Tomás Tadeu da Silva e Guaracira Lopes Louro. Rio de Janeiro: DP&A, 1997.

LOVEJOY, Paul E.. A escravidão na África: Uma história de suas transformações. [S.L.]: Civilização Brasileira, 2002.

LUCIO, Viviane. Estrangeiros no Brasil: missão Paz em São Paulo acolhe imigrantes até a legalização. Cienc. Cult., São Paulo, v. 67, n. 2, p. 51-52, June 2015. Available from <http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252015000200015&lng=en&nrm=iso>. access on 27 Aug. 2018.

NABUCO, Joaquim. Joaquim Nabuco: Trechos Escolhidos: Nossos Clássicos. [S.L.]: Agir, 1958.

PEREIRA, João Baptista Borges. Diversidade e pluralidade: o negro na sociedade brasileira. Rev. USP, São Paulo, n. 89, maio 2011 . Disponível em <http://rusp.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-99892011000200019&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 27 ago. 2018.

RONSINI, Veneza V. Mayora. Marcadores de sentido: consumo de mídia e identidades juvenis. Porto Alegre: Sulina, 2007.

SANTOS, Priscila Silva dos. O Estudo da Islamofobia através dos meios de comunicação. Revista Habitus: revista eletrônica dos alunos de graduação em Ciências Sociais - IFCS/UFRJ, Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 79-90, 10 de nov. 2016. Semestral.

SODRÉ, Muniz. Claros e escuros: identidade, povo e mídia no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1999.

Souza, Jessé. A elite do atraso: da escravidão à Lava Jato. Rio de Janeiro: Leya, 2017.

Publicado
19-06-2019