“Uma outra consciência de classe”: A alternativa política e ideológica da sociedade operária italiana de beneficência e mútuo socorro em Belo Horizonte

  • Renata Garcia Campos Duarte

Resumo

O presente artigo origina-se de monografia, apresentada em novembro de 2007, do curso de História da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, sob orientação do Professor Carlos Evangelista Veriano. E pretende tratar do movimento operário de Minas Gerais, particularmente a Sociedade Operária Italiana de Beneficência e Mútuo Socorro enquanto um espaço social de auxílio e, principalmente, de manifestações de idéias políticas dos imigrantes italianos recém-chegados. O período a ser analisado compreende desde o momento da criação da Sociedade Operária Italiana - no mesmo ano da inauguração de Belo Horizonte – em agosto de 1897 até o seu fechamento provisório no ano de 1945, durante a ditadura varguista.

Biografia do Autor

Renata Garcia Campos Duarte
Mestranda da Linha de Pesquisa "Trabalho e Movimentos Sociais", da Universidade Federal de Uberlândia. Bacharel-licenciada em História pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
Seção
Artigos/Articles