Entre Kultur e Civilization: uma análise da formação do conceito de civilização e cultura na transição do feudalismo para o capitalismo, a partir dos textos de Norbert Elias (Between Kultur and Civilization: an analysis of the formation of the concept...)

  • Carolina Minardi de Carvalho
  • Leonardo Massula Guimarães
  • Renan Ribeiro Zandomênico
Palavras-chave: Civilização, Cultura, Burguesia.

Resumo

O objetivo deste artigo é trabalhar e esclarecer os conceitos de civilização e cultura a partir das ideias de Norbert Elias, em: O processo civilizador, principalmente nos capítulos “Sociogênese da diferença entre Kultur e Zivilization”, no emprego alemão, e “Sociogênese do conceito de Civilization na França”, e outros autores que trabalharam esse contexto. Devido à importância de tais termos, será construído um paralelo entre os aspectos referentes à construção desses conceitos, tanto por franceses quanto por alemães, e a respectiva importância que tiveram seus significados na transição da Idade Média para a Idade Moderna, no Ocidente Europeu.

 

ABSTRACT

The purpose of this article is to work on and clarify the concepts of civilization and culture based on Norbert Elias’s ideas developed in The Civilizing Process, especially in the chapters "Sociogenesis of the Antithesis between Kultur and Zivilisation, in German Usage” and “Sociogenesis of the Concept of Civilization in France”. We will also discuss other authors who have dealt with this issue. Due to the importance of such terms, we will make a parallel between aspects concerning the construction of these concepts, both by the French and the Germans, and the respective importance of their meanings in the transition from the Middle Ages to the Modern Age in Western Europe.

Keywords: Civilization; Culture; Bourgeoisie.

Biografia do Autor

Carolina Minardi de Carvalho
Graduada em História (Bacharelado e Licenciatura) pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Atuação nas áreas de História Medieval, Educação e História de Minas Gerais.
Leonardo Massula Guimarães
Graduado em História (Licenciatura) pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Experiência nas área de Educação; História Medieval e História da Antiguidade. Possui graduação incompleta em Arquitetura e Urbanismo pela mesma universidade. Trabalhou como estagiário em instituições de Acervo de Pesquisa Histórica Documental, como: Hemeroteca Histórica da Biblioteca Pública de Minas Gerais; Centro de Memória e Pesquisa Histórica da PUC-Minas. Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG).
Renan Ribeiro Zandomênico
Licenciado em História pela PUC Minas desde 2012. Atualmente concluindo o bacharelado em História também pela PUC Minas com previsão de conclusão na segunda metade de 2013. Profissional interessado em pesquisa e em lecionar na área na qual está qualificado.

Referências

ELIAS, Norbert. Sociogênese da diferença entre “Kultur” e “Zivilisation” no emprego alemão. In: ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1990, p. 23-50.

ELIAS, Norbert. Sociogênese do conceito de Civilization na França. In: ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1990, p. 51-64.

MIRANDA, Luiz Francisco de Albuquerque. Voltaire e a sociogênese do conceito de civilização: a importância história da corte. In: Simpósio Internacional Processo Civilizador. 2008. Anais. Buenos Aires: Universidade de Buenos Aires, 2008. p. 393-400.

RIBEIRO, Renato Janine. A etiqueta no Antigo Regime: do sangue à doce vida. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

PILLA, Maria Cecília Barreto Amorim. Manuais de civilidade, modelos de civilização. História em Revista (UFPel), Pelotas, v. 9, n.2, p. 105-134, dez. 2003.

Seção
Artigos/Articles