A prática discursiva da escrita: entre a memória e o esquecimento

  • Ana Luisa Ribeiro Rodrigues de Sant'Ana Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Palavras-chave: Escrita, Prática discursiva, Análise do Discurso Francesa

Resumo

Este ensaio versa sobre a prática discursiva da escrita. Aqui, é retomado um artigo preliminar nunca publicado produzido para uma disciplina do Curso de Graduação em Letras da PUC Minas.  A proposta inicial para esse artigo era discutir o fenômeno da intertextualidade. A partir desse ponto inicial, debrucei-me sobre os diálogos que poderiam ser estabelecidos entre a discussão de Volóchinov (2017) sobre o discurso de outrem e o conceito de intertextualidade trazido por Koch, Bentes e Cavalcante (2007), até porque, esses eram textos tomados para estudo na disciplina em questão. Para ilustrar o fenômeno e a discussão, eu tomei os poemas “Canção do Exílio”, de Gonçalves Dias, e “Canção do Exílio”, de Murilo Mendes. Neste presente ensaio, alargo essa discussão à luz dos pressupostos teóricos da Análise do Discurso Francesa de memória, esquecimento, deriva, identificação, desidentificação, formação discursiva, ordem do discurso, além de propor, também, uma reflexão da minha própria prática de reabrir o artigo para tecer novos fios discursivos. 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Luisa Ribeiro Rodrigues de Sant'Ana, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Aluna do curso de graduação em Letras da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Maior interesse por pesquisas na área da Linguística e do Letramento. Atuou como membro (bolsista de iniciação científica CNPq) do projeto " Leitura e Escrita no Ensino Médio: demandas para a ação e formação de professores; caminhos para novas práticas (Edital 13/2012)", desenvolvido entre os anos de 2013 a 2015. Atualmente, atua como membro do projeto "Discurso acadêmico na pesquisa e no ensino: questões em torno da apropriação da palavra de outrem ( CAPES/COFECUB Edital 19/2014)"; e também do projeto "Leitura e escrita acadêmicas na formação inicial do professor de Língua Portuguesa: representações no/do processo de apropriação dos modos de dizer e fazer científicos" (nº 312228/2013, bolsa de produtividade)

Publicado
06-01-2022
Como Citar
Sant’Ana, A. L. R. R. de. (2022). A prática discursiva da escrita: entre a memória e o esquecimento. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, (39), 109-122. https://doi.org/10.5752/P.2358-3231.2021n39p109-122