MULHERES E TRABALHO

uma trajetória jurídico-literária da desigualdade formal e representativa

  • Giulia Manera Université de Guyane
  • Ruth Olivier Moreira Manus Universidade Clássica de Lisboa
Palavras-chave: Trabalho, Feminismo, Trabalho doméstico, Desigualdade de Gênero, Organização Internacional do Trabalho, Discriminação, Desigualdade Racial, Literatura, Emancipação Feminina, Direitos das Mulheres

Resumo

A desigualdade de tratamento que atinge as mulheres em todos os temas que se relacionam com o trabalho- desde o trabalho doméstico presente em todos os lares até o mercado de trabalho em si- não é apenas uma desigualdade formal. A desigualdade de representações das múltiplas facetas das mulheres, limitando sua imagem até hoje ao estereótipo da mulher mãe e esposa, tem fortes impactos na emancipação das mulheres no mundo do trabalho. O Direito e a Literatura demonstram de forma clara que a pressão social que ainda recai sobre as mulheres no mundo inteiro configura um verdadeiro óbice para a efetivação da igualdade de oportunidades e de tratamento na esfera laboral. O poder das imagens impregnadas no inconsciente coletivo em virtude da representatividade limitada do feminino segue tendo reflexos formais, econômicos e jurídicos que marginalizam e prejudicam diariamente as trabalhadoras mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giulia Manera, Université de Guyane

Professora associada da Université de Guyane (França), membro da unidade de pesquisa MINEA e pesquisadora associada do CRILUS (Centro de Pesquisa interdisciplinar sobre o mundo Lusófono). Mestre em Letras e Filosofia pela Università di Bologna (Itália) e doutora em Estudos Romanos-Português pela Université Paris Nanterre (em convênio com a Universidade de São Paulo-USP).

Ruth Olivier Moreira Manus, Universidade Clássica de Lisboa

Advogada. Pós-graduada em Direito Processual do Trabalho pela PUC-SP Cogeae, pós graduada em Direito Coletivo do Trabalho pela Università di Roma Tor Vergata, mestre em Direito do Trabalho pela PUC-SP, pós graduada em Direito da União Europeia pela Universidade Clássica de Lisboa, doutoranda em Direito Internacional pela Universidade Clássica de Lisboa. 

Publicado
18-06-2021
Seção
Dossiê - O desafio do trabalho feminino e sua relação com o Direito